Índios de Ubatuba

Os primeiros habitantes da região de Ubatuba foram os índios Tupinambás. Na época do descobrimento a aldeia recebia deles o nome de Iperoig (ou Yperoig). Este povo vivia da caça, pesca e alguma agricultura, principalmente de mandioca. Eram também excelentes canoeiros e artesãos.

Com a chegada dos colonizadores portugueses que tentaram escravizá-los, os Tupinambás e seus vizinhos Tupiniquins organizaram-se, formando a “Confederação dos Tamoios”. Excelentes guerreiros, formaram um verdadeiro exército visando enfrentar os portugueses. Ameaçavam destruir as Vilas de São Paulo e São Vicente.

A palavra Tamoio na língua dos Tupinambás significa “o mais antigo, o dono da terra”. Por isso o nome dado à união foi Confederação dos Tamoios, que era a união dos índios, verdadeiros donos da terra.

Os índios eram comandados pelo famoso Cacique Cunhambebe, um índio alto, forte, destemido e segundo alguns bastante feroz. Cunhambebe foi o comandante das tribos tupinambás e tupiniquins unidas numa grande nação guerreira dos Tamoios.

Nesta época haviam dois Jesuítas Missionários em São Vicente:

Manoel da Nóbrega e José de Anchieta. Ambos foram convocados em 1563 para intervir e negociar com os índios. Durante a negociação os índios mantiveram preso o Padre José de Anchieta como garantia, enquanto Manoel da Nóbrega se reunia com os chefes indígenas para fechar o acordo.

A negociação foi lenta e difícil, e Anchieta ficou cerca de 4 meses sob custódia dos tamoios. Muitos acreditam que foi durante o período em que esteve nas mãos dos Tupinambás que José de Anchieta escreveu nas areias da atual Praia de Iperoig os famosos versos do “Poema à Virgem”.

Em 14 de setembro de 1563 foi assinado o Tratado da Paz de Iperoig – o primeiro tratado de paz das Américas. Os franceses foram expulsos e os índios pacificados. O Padre Manoel da Nóbrega retornou à Aldeia de São Paulo para concluir a operação. Com a paz firmada, o Governador Geral do Rio de Janeiro, Salvador Corrêa de Sá e Benevides, tomou providências para colonizar a região, enviando os primeiros moradores para garantir a posse da terra para a Coroa Portuguesa.

A cidade tem hoje o nome de Ubatuba por ter sido ocupada pelos índios tupinambás. Ubatuba significa lugar de canoas, ou de canas, e é um termo em tupi, onde uba significa canoa, que é o nome de uma espécie de cana, e tuba significa um lugar.

fonte: http://www.ubatubatrip.com.br/indios/index.htm

About these ads

About paoleb

muita cousa
This entry was posted in Aesthetics, Work in progress and tagged , , . Bookmark the permalink.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s