Mundo como imagem – notas de aula 17/10

Herança helênica numa Europa amnésica: Aristóteles – Platão – Pré-Socráticos.
Por uma ironia do destino, Platão ficou assim como revolucionário.

A partir daí se estabelece e fundamenta uma cosmovisão – o homem perfeito, o homem de Vitrúvio de Leonardo.

Técnicas aplicadas no estudo dos fenômenos dos movimentos serão aplicadas também no estudo da vida e da sociedade. A maquinização da natureza. A maquinização da vida. A maquinização da sociedade.

Física terrestre e física celeste serão uma só.
O tempo humano vai se converter na história.
A história é o remanescente do Cosmo de Dante.

Para o medieval o presente é a repetição do passado.
“O FUTURO CHEGA”.
O progresso: demarcha inevitável pela qual pouco a pouco a forma humana vai se formatando. O mito do progresso: Há um destino manifesto.
Relógio: universal no bolso.
As vidas se tornam peças de um dispositivo abstrato (Chaplin)

About paoleb

muita cousa
This entry was posted in Filosofia da Ciência and tagged . Bookmark the permalink.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s